sábado, 3 de outubro de 2009

VISITANTES DA ALEMANHA NO BLOG ULTRAPASSA 100 ACESSOS



Sempre falam que Brasil é o país do futuro, então desde jovem fico alimentando sonhos e ilusões de coisas que o Brasil pode se tornar quando chegar o presente para o país do futuro. Será que no Brasil do futuro podemos esperar o sonho das pessoas confiarem uns nos outros? Ou isso é ilusão? CONFIANÇA
Será que chegará um dia em que a catraca será abolida e se transformará em peça de museu ou uma recordação? Andar de ônibus e metrô com a opção ilegal de não pagar o bilhete, mas termos a confiança de que ninguém ou quase ninguém fará o errado. Mesmo sem uma catraca e cobrador para controlar todos pagarão pelo seu uso. Existiria um nível tão grande de confiança um no outro que as catracas sumiriam não somente dos transportes públicos, mas também de bibliotecas e museus. Posto de gasolina sem frentista, onde o motorista desce do carro para abastecer e se quiser sai acelerando sem pagar pelo combustível, mas vai até o caixa pagar o que é devido.
Andaríamos nas ruas sabendo que a faixa de pedestre realmente serve pra algo, as sinalizações seriam respeitadas pelos motoristas e ciclistas teriam ciclovias para circularem por toda cidade sem risco de atropelamento (isso é definitivamente uma ilusão para aqueles que já viram um ciclista descendo a avenida Rebouças dividindo espaço com carros, motos e ônibus). Deixar a bicicleta estacionada em uma estação de metrô e saber que quando voltar ela estará lá e não em um desmanche ou mercado paralelo. 
Comprar o jornal do dia não indo até a banca de jornal, mas até a caixa de jornal na esquina. Caixa de jornal? É, uma caixa com o jornal do dia, você abre a tampa, pega a papelada e deposita moeda numa caixinha do lado. Se quiser abrir e pegar sem pagar também pode, mas digamos que ninguém faria isso. 
Será que no Brasil do futuro podemos esperar o sonho das pessoas respeitarem uns aos outros? Ou isso é ilusão? RESPEITO. Pagar todas as tributações devidas ao onipresente poder público e receber serviços públicos de volta. Aqui estou falando não somente de um aparelho estatal sem corrupção, mas o respeito dele com os cidadãos.
Na minha opinião esse respeito seria expresso por hospitais públicos confiáveis, ou alguém com dinheiro no Brasil tem coragem de arriscar a sorte num hospital público quando precisa? Ter não somente a certeza que o ônibus ou trem irá passar no ponto, mas saber num placar quantos minutos faltam para isso acontecer. Pessoalmente não vejo nada mais respeitoso por parte do governo, nesses tempos de caos aéreo que se perpetua no Brasil, do que saber qual hora e minuto passará um trem que o levará para uma estação dentro do aeroporto, saber quanto tempo será gasto andando da estação até o balcão de check-in e na hora marcada o avião decolar faça sol ou chuva.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado pelo comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...