quinta-feira, 5 de novembro de 2009

O INFERNO DE CHÁVEZ



Chávez pede uso de lanterna


O governo venezuelano anunciou uma série de medidas, detalhada ontem, para reduzir o consumo de eletricidade no país, que enfrenta frequentes apagões. O presidente Hugo Chávez nomeou um novo ministro de Energia Elétrica, Angel Rodríguez, que terá entre as atribuições aplicar políticas para reduzir em 20% o consumo de eletricidade e cobrará impostos extras para castigar o alto consumo na indústria, no comércio e nas residências.




MEDIDAS
- Banho de no máximo três minutos.
- Proibição de eventos esportivos à noite.
- Uso de lanterna para andar em casa.
- Multas para quem desperdiçar energia.
- Abastecimento de água com corte duas vezes por semana (para não gastar com bombeadoras).
- Proibição de importação de eletrodomésticos.

OS PROBLEMAS DO PAÍS
- Falta de manutenção nas hidrelétricas deixou oito turbinas paradas.
- Falta de segurança em siderurgia causou a morte de seis pessoas em dez meses.
- Chávez usa companhia petrolífera estatal para empregar partidários. Funcionários passaram de 40 mil para 90 mil.
- Produção nas indústrias caiu entre 30% e 50%.
- Companhia estatizadas não geram lucro.
- Só 2% das áreas desapropriadas para a agricultura estão produzindo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado pelo comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...