terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

CUIDADO LULA A GRÃ-BRETANHA NÃO É HONDURAS

A Grã-Bretanha rejeitou nesta terça-feira as objeções argentinas à prospecção de petróleo na costa das ilhas Malvinas, alegando que tal perfuração não viola o direito internacional.
A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, disse ter obtido nesta semana o apoio de seus colegas latino-americanos à tese de que as atividades iniciadas na segunda-feira pela empresa britânica Desire Petroleum violam a soberania argentina na região.
O arquipélago no Atlântico Sul, conhecido em inglês como Falklands, está sob controle britânico desde 1833, algo que a Argentina jamais reconheceu. Em 1982, Buenos Aires tentou ocupar militarmente as ilhas, provocando uma guerra de dois meses e quase mil mortos, com vitória britânica.
"A soberania britânica a respeito das Falklands é absolutamente clara no direito internacional (...). Não há dúvida sobre isso", disse o chanceler britânico, David Miliband, após discursar na entidade Demos, em Londres.
"A exploração que está ocorrendo na costa das Falklands (...) está totalmente dentro do direito internacional, totalmente baseada em precedentes", afirmou ele, acrescentando que a população ilhoa tem o direito a uma vida decente e a construir seu próprio futuro econômico.
Além de contestar a exploração de petróleo em torno das ilhas, a Argentina decidiu que todos os navios provenientes das Malvinas precisarão de uma autorização especial para atracar em portos do país.
Ao chegar para a cúpula do México, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse que seu país apoia incondicionalmente a Argentina. "Aquele mar e aquela terra pertencem à Argentina e à América Latina", disse ele no domingo.
Um porta-voz do primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, disse que não há previsão de contatos diretos entre ele e Cristina Kirchner para tratar do tema, e que a Grã-Bretanha nem cogita uma reação militar. "Não há nada contra o que reagir", afirmou.
Não há petróleo nas ilhas propriamente ditas, mas as empresas do setor apostam que existem reservas com bilhões de barris nas costas do arquipélago.
A Desire Petroleum disse ter aberto um poço em sua plataforma de alto mar chamada "Liz", onde pode haver até 400 milhões de barris, embora não seja possível saber ainda se haverá condições de retirada desse produto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado pelo comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...