terça-feira, 12 de outubro de 2010

SERRA PRESIDENTE MAIS DINHEIRO PARA GENTE





SÃO PAULO (Reuters) - O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, afirmou nesta Segunda-feira que a elevação do salário mínimo para 600 reais a partir do ano que vem não é uma promessa de sua campanha, mas um anúncio feito pelo candidato caso seja eleito.
"Se é algo que nós vamos fazer, não é eleitoreiro. É algo que nós vamos fazer eu acho necessário", afirmou o candidato durante entrevista ao programa Bom Dia Brasil (TV Globo) quando questionado se a elevação do mínimo não seria uma promessa eleitoreira.
O candidato disse que financiaria a elevação do salário mínimo com cortes nos cargos de confiança e no que chamou de "cabide de empregos". Também declarou que cortará "desperdícios" por meio de renegociações de contratos "que a meu ver estão inflados, como eu fiz no governo de São Paulo".
Serra avaliou ainda que a mensagem orçamentária enviada pelo governo federal subestima a receita da Previdência Social, o que daria espaço para um reajuste maior do mínimo.
"Eu fiz o cálculo, naturalmente com o auxílio de assessores, antes de anunciar qualquer coisa. De modo que é factível que o orçamento comporte essa despesa", afirmou Serra, sem mencionar números.
Serra afirmou ainda ser possível reajustar as aposentadorias e pensões em 10 por cento, como tem afirmado em seus programas eleitorais.
O candidato também foi indagado sobre uma terceira promessa feita recentemente, a da criação de um 13o para os beneficiados pelo programa Bolsa Família.
"Nós criamos as bolsas. Eu criei o Bolsa Alimentação no governo Fernando Henrique e o Paulo Renato (Souza ex-ministro da Educação) criou o Bolsa Escola", lembrou.
"O que o governo Lula fez foi juntar e chamar de Bolsa Família", avaliou. "(Criação de 13o) é um custo moderado e me parece perfeitamente razoável."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado pelo comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...