sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

ADEUS 2012



Vai, ano velho, vai de vez
Vai com tuas mentiras, falsidades, decepções e falcatruas,
sem deixar mais dúvidas, vai, dobra a esquina da nossa rua,
e no trinta e um, à meia-noite sepulta todas as culpas que lembro,
que me castigou nesses descalabros de janeiro a janeiro.

Vai, leva tudo:
 destroços, mazelas, ossos, e dentes,
fotos dos prefeitos e ex-presidentes,
 beijos de atrizes, enchentes, secas,
 suspiros, jornais e fofocas,
Vade Retrum, pra trás! leva pra escuridão
quem me assaltou o carro, a casa e o coração,
Não quero te ver mais,  nas fotos do nunca-mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado pelo comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...