quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

ANO NOVO SEM GENOCÍDIO NA FAIXA DE GAZA


O assassinato de inocentes em Gaza por parte de Israel se tornou uma história tão comum, que fatos como o ataque de artilharia sobre a cidade de Rafah, na última segunda-feira (29), causando mortes de civis, passam despercebidos pela imprensa. Vidas de inocentes se tornaram meras estatísticas de uma história esquecida. O massacre que vem ocorrendo em Gaza ganhou um pouco mais de publicidade durante a guerra de Israel contra o Hizbollah, em função da semelhança no número de civis mortos, entretanto segue agora esquecida pela mídia, aparecendo muitas vezes apenas como matérias secundárias, de menor importância. Assim como no Líbano a maioria das vítimas são civis e, infelizmente, muitas são crianças. o número de mortos em Gaza devido aos ataques israelenses já passa de 400 com mais de 2000 feridos. Um milhão e meio de palestinos estão presos em Gaza, cercados pelo território ocupado por Israel. As condições de vida são péssimas, sempre à beira de uma crise humanitária, na região mais densamente populosa do planeta. A entrada de medicamentos e alimentos deve respeitar as vontades de Israel, o que normalmente se torna um problema quando o transporte é impedido de chegar à região. A população sofre ainda mais, principalmente após os ataques israelenses que destruíram o principal fornecedor de energia elétrica para a região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado pelo comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...